Drag Race

Depois da guerra, o hot rod e sua cultura definiram sua personalidade. Muitos homens que voltavam do conflito trouxeram novos conhecimentos de mecânica e a necessidade da mesma adrenalina que haviam experimentado em combate e não encontravam nas suas vidas comuns.
O termo hot rod passou a ser largamente utilizado e a importância das recém criadas Drag Races cresceu.

Para entender a gênese das Drag Races devemos lançar um olhar sobre o passado e compreender as corridas ilegais em vias públicas (conhecidas em Portugal por "Steet Racing"). Elas representavam um sério problema para a polícia do sul da Califórnia. Um dos desenhos animados mais característicos desta época, o "Pica Pau Rachador" descreve bem a situação. Corridas clandestinas provocaram dezenas de acidentes fatais, principalmente com jovens "roders", e as coisas estavam a piorar. Numa atitude inédita, a POLÍCIA , em conjunto com outras organizações, patrocinou as primeiras corridas organizadas.

A primeira DRAG STRIP oficial da história foi num aeroporto abandonado em Santa Ana( sul da Califórnia), no início da década de 50. Eram corridas muito populares, onde se competia com o próprio carro, que geralmente era conduzido pelo piloto desde a sua casa atá a pista. O crescimento foi rápido, e, com a evolução, chegaram as classes especificas e a profissionalização.

Nos anos 50 esta cultura solidificou o seu espaço através de publicações especializadas como a Hot Rod Magazine. Depois, vieram a Motor Trend, Car Craft, Hop Up e muitas outras.Estas publicações serviram de guia para todos que procuravam estar em dia com as novas técnicas. As Speed Shops, preparadores e as novas marcas de acessórios ofereciam amplas possibilidades em função da quantidade de dólares que quisesse gastar no seu ROD.

Surgiram nomes como Vic Edelbrock, Schneider, Ansen, Clay Smith, Bell, Dean Moon, Offenhauser, que se tornaram engenheiros por si mesmos( tradição californiana) com base nos conhecimentos adquiridos ao longo de suas carreiras nas pistas.

Drag Race e a NHRA

Criada em 1951, a National Hot Rod Association(NHRA) nasceu pelas mãos de Wallace Gordon Parks, mundialmente conhecido com Wally Parks. Ele foi considerado o pai da DRAG RACE, pois foi organizador das primeiras provas e criou o formato que conhecemos nos dias de hoje. Parks escrevia sobre automobilismo e foi co-fundador e primeiro editor da revista Hot Rod em 1940. Também, instrumentalizou a fundação da Motor Trend em 48. Como editor, usou a sua posição para promover a organização e segurança das DRAG RACES em inúmeras pistas por todos os EUA. Vencedores de eventos NHRA( considerada o maior grupo esportivo do mundo em desporto automóvel correndo sob mesmas normas, graças ao trabalho realizado durante sua vida) recebem um cobiçado troféu apelidado apenas de "Wally".

Quando fundou a NHRA em 1951 o seu principal objetivo era encorajar os jovens a abandonar as corridas ilegais de rua. Abraçou o conceito de "quarter mile drag" e incentivou a construção de centenas de pistas pelo país.

"Palavras simplesmente não podem descrever o impacto que Wally causou com o desporto que criou, nas milhares de pessoas que tiveram as suas vidas tocadas ao longo do seu caminho . O nome Wa lly Parks é sinônimo de DRAG RACING e sua visão e direção iram guiar a NHRA nos anos que se seguiram". Palavras de Tom Compton,(atual presidente da NHRA) após morte de Wally em setembro de 2007. Mas para nós, hoje, talvez seja importante compreender as palavras de Mike Spinelli( escritor e rodder) :" sem Wally, talvez a polícia de Los Angeles, os advogados e as companhias de seguro apoiadas na moral vigente teriam posto um grande garfo no pescoço das DRAG RACES em 1950. E as gerações que se seguiriam teriam sido privadas de ver seu mundo sacudido por trovoadas de motores superdesenvolvidos evaporando nitrometano no deserto".

Adicionar comentário


Código de segurança
Atualizar

Canal Youtube

PUBLICIDADE

ONLINE

Temos 47 visitantes e Nenhum membro online